A IDOLATRIA  NATALINA

25 de dezembro, dia da comemoração da festa pagã (meramente comercial) conhecida popularmente como dia do natal, o Espírito de Deus move no coração o desejo de anunciar algo sombrio, oculto: A igreja do Senhor Jesus Cristo está adormecida na idolatria.

O que temos para comemorar nesse dia? Muitos responderão simultaneamente: O nascimento de Jesus Cristo.  Mas de onde surgiu isso, se  nem os historiadores conseguiram comprovar sequer o ano que Cristo nasceu quanto mais o dia e mês. Depois de inúmeras pesquisas, o máximo que se conseguiu chegar foi uma aproximação do ano do seu nascimento. Ajuíza-se  5 a 10 anos   em torno do início da  era cristã. O Senhor não permitiu que chegássemos  ao dia e mês com exatidão, justamente para que não ocorresse essa idolatria para comemorar a sua data natalícia, o que certamente  é desagradável aos olhos do Pai.

Após a leitura de algo semelhante, certo “pastor” afirmou que o fato de não conhecermos a data do nascimento de Cristo com exatidão, não invalida as comemorações alusivas a essa data.

Entretanto, a bíblia sagrada cita apenas duas referências de festejo em data natalícia, as quais foram marcadas por tragédia. A primeira narrada no livro de Gênesis 40.16 a 22, ocasião em que faraó mandou enforcar o padeiro-mor da sua corte, por ocasião das festividades do seu aniversário.  

A segunda  tragédia ocorreu  na comemoração do aniversário de Herodes, tendo a filha de Herodias, mulher de seu irmão, agradado o seu coração com a dança que executou,  prometeu  dar-lhe tudo o que pedisse,   até a metade do seu reino, mas ela, instruída previamente pela mãe, pediu a cabeça de João Batista num prato. Isso  afligiu o rei, mas para honrar o seu juramento, mandou degolar a João no cárcere, conforme o pedido da moça.

 E  hoje, essa  lástima de horror continua, é só conferir o resultado das estatísticas nos órgãos de segurança do estado o resultado catastrófico decorrentes dos feriados das comemorações natalinas e comprovar o rastro de destruição e desgraça para milhares de famílias em todo mundo.  Faça uma reflexão você mesmo, se essa adoração a data de nascimento do Senhor Jesus fosse-lhe agradável Ele iria permitir esse infortúnio?

 Mas ainda que esta data fosse comprovada, não poderíamos comemorar nada, porque o grande feito do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a sua graça e misericórdia, o grande amor de Cristo pelo homem pecador não está no seu nascimento, mas na sua morte em sacrifício vivo para nos remir da obra do pecado. O nosso alvo é a cruz de Cristo, precisamos almejar a salvação. Porque se passarmos a viver uma vida material, acreditando em papai noel  e tudo que nos apresentam, como tantas outras idolatrias que estão as soltas por aí, estamos regressando ao  velho  costume e tornando o  sacrifício do Senhor Jesus Cristo na cruz,  em vão.

A igreja de Cristo precisa acabar de vez com essa doutrina criada  pelo homem, que devemos servir a Deus só para recebermos as bênçãos materiais desta vida.   Muitos  querem viver o reino de Deus aqui na terra, mas o próprio Senhor disse: “O meu Reino não é deste mundo”. A igreja de Cristo precisa de crescimento espiritual, e reconhecer que as bênçãos  do Senhor não se compram com dízimos e ofertas que hoje estão mais poderosos que Jesus Cristo dentro da igreja. É conveniente  ressaltar que Deus é Espírito, e importa que  os verdadeiros adoradores o adorem em espírito e em verdade.

Amados, é hora de sair da penumbra e acordar para a vida, pelo que diz a palavra do Senhor na carta de Paulo aos Efésios 5.14: Desperta,  tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.  A palavra alerta: Existem muitos crentes dormindo dentre os mortos, participando da idolatria e vivendo como os gentios na abundância do pecado.

Na antiguidade, era mais fácil identificar a idolatria, porque desde o princípio o Senhor já repugnava a criação de imagens por aqueles que o amam. Porem, com o mundo moderno, satanás tem criado outros artifícios que induz o homem à idolatria sutilmente. Uma delas é o aparelho de televisão, que quando mal usado, traz uma avalanche de maldição para dentro da casa do servo de Deus. Por ela entram na sua casa os filmes, as novelas e outros programas que muitas vezes vem recheados de pornografia, violência e outras depravações que são totalmente desagradáveis aos mandamentos de  Deus.    

 Até mesmo os esportes com aparência inócua e saudável, mas por trás de tudo isso  há um  violento conteúdo de idolatria. Um dos exemplos disso é o futebol onde há um verdadeiro satanismo principalmente nos bastidores dos grandes times. E isso é uma coisa pública, constantemente a imprensa divulga os trabalhos realizados  pelos feiticeiros chamados “pai de santo” dentro dos clubes. As rezas dos jogadores, as promessas dos torcedores,  sem falar da violência que assola dentro e fora dos estádios, onde muitos já perderam até a própria vida. É bom lembrar, que essas coisas acontecem não é só no futebol, mas na maioria dos esportes há depravação, contenda e tragédia.

 Então perguntamos,  qual a razão que leva  o  crente aquele que tem compromisso com Deus,  a se envolver nessa aberração? Porque o crente tem que torcer por um time e ter os jogadores como  verdadeiros  ídolos?

A carta de Paulo aos Romanos  1. 22 a 25 diz:  Os sábios, tornaram-se loucos.   E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível.

Pelo que também Deus os entregou às concupiscências do seu coração, à imundícia, para desonrarem o seu corpo entre si;  pois mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém!

A palavra do Senhor,  fala mais sobre a prática esportiva que o homem tanta ama, vamos meditar:

I Coríntios 9.25: Todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível.

Gálatas 5.19 e 20:  Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias.

Agora vamos para o Aurélio conhecer o sentido dessa palavra   EMULAÇÃO:

[Do lat. aemulatione.] 
Substantivo feminino. 
1. Sentimento que incita a igualar ou superar outrem. 
2. Competição, rivalidade, concorrência. 
3. Estímulo, incentivo. 

A grande preocupação é a infiltração dessa idolatria até no coração dos  pregadores e líderes das igrejas. O esporte   está sendo  praticado e cultuado até mesmo dentro de muitas  igrejas. Essa casa fora criada para adoração ao Senhor, esse local era uma fonte de bênçãos e veneração. Mas hoje muitas igrejas evangélicas, foram invadidas pela idolatria tanto quanto a igreja católica. Exemplo é o uso da imagem da cruz, a silhueta do pombinho, o castiçal com ramificação (candelabro) para uso de velas, folhetos   ilustrados por gravuras, etc.  Criaram até um peixe como símbolo do crente.  No  livro de Êxodo  20.4, disse o Senhor: “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra”.

 Além disso, ainda há outras espécies de armadilhas que o crente está sujeito.  É a tecnologia virtual, como filmes, jogos eletrônicos, celulares, internet e outras astúcias oferecidas pela tecnologia cibernética. Não condenamos o uso da tecnologia porque ela também traz muitos benefícios ao homem, mas o mau uso desses instrumentos no meio evangélico é complexo e ameaçador.

 Mas não é só isso, outra ameaça iminente são os costumes do mundo, que o homem tem introduzido na igreja sob pretexto de evangelização. O que há de mais moderno hoje nas igrejas é o  “mundo gospel”,  como a música, que apesar de usar sempre o nome do Senhor é produzido com fins lucrativo, as danças coreográficas, às vezes procedidas de escândalos, os  teatros, e  até desfile para concurso de beleza feminina tem sido praticado por algumas igrejas.

 A palavra do Senhor na primeira Carta de Paulo  aos Coríntios 6.12, alerta: Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.

  Isso nos leva a refletir e a indagar: Quem será edificado com essas coisas mundanas na Igreja?  Isso tem sido praticado para exaltar o reino de quem? Porque o Senhor nosso Deus, que criou o céu e a terra, certamente não vai se agradar com nada dessas coisas.

 A palavra na carta de Paulo aos Efésios 5.6 a 12, exorta: Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. 

Porque, noutro tempo, eram trevas, mas, agora, é luz no Senhor; andai como filhos da luz, aprovando o que é agradável ao Senhor. 

E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas, antes, condenai-as.  Porque o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é torpe.

Louvai ao Senhor

www.cristoeaverdade.net - 2020 - Web Designer by Anselmo Perroni
error: Conteúdo protegido, os artigos estão em revisão...Aguarde

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0