Get Adobe Flash player

Bíblia Sagrada

Disse o Senhor a Abrão: Far-te-ei de ti uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma benção (Gênesis 12.2,). Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as pode contar. Assim será a tua semente (Gênesis 15.5).

O livro de Gênesis 14.13, relata  que, são Hebreus os descendentes de Abraão, Isaac e Jacó, um povo escolhido de Deus (I Reis 8.16 e Salmo 105.6) para fazer a sua vontade e receber as bênçãos por Ele  prometidas.

                     O CONCERTO DE DEUS COM ABRÃO

Ainda no livro de Gênesis 17.1-10, a palavra relata que sendo pois Abrão da idade de 99 anos, apareceu o Senhor a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo poderoso, anda em minha presença e sê perfeito. E porei o meu concerto entre mim e ti, e te multiplicarei grandissimamente.

Então caiu Abrão sobre o seu rosto e falou Deus com ele dizendo: Quanto a mim, eis o meu concerto contigo é, e serás o pai de uma multidão de nações. E não se chamará mais o teu nome Abrão, mas Abraão será o teu nome, porque por pai da multidão de nações te tenho posto; E te farei frutificar grandissimamente, e de ti farei nações, e reis sairão de ti. Este é o meu concerto, que guardarei entre mim e vós, e a tua semente depois de ti: Que todo o macho será circuncidado.

Disse mais Deus a Abraão: Gênesis 17.15-19, a Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu nome; Porque eu a hei de abençoar, e te hei de dar a ti dela um filho, e abençoarei, e será mãe das nações, reis de povos sairão dela. Então caiu Abraão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E conceberá Sara da idade de noventa anos?

E disse Abraão a Deus: Oxalá que viva Ismael (filho de Abraão com a serva Agar) diante de teu rosto! E disse Deus a Abraão: Na verdade, Sara tua mulher te dará um filho, e chamarás o seu nome Isaque, e com ele estabelecerei o meu concerto, por concerto perpétuo para a sua semente depois dele. E quanto a Ismael também te tenho ouvido, eis aqui o tenho abençoado, e fá-lo-ei frutificar, e fá-lo-ei multiplicar grandissimamente, doze príncipes gerará e dele farei uma grande nação. O meu concerto, porém estabelecerei com Isaque, o qual Sara te dará neste tempo determinado, no ano seguinte.

                                                      O NASCIMENTO DE ISAQUE

Gênesis 21.1-2 diz:  E o Senhor visitou a Sara, como tinha dito, e fez o Senhor a Sara, como havia prometido. E concebeu Sara, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha dito.  

                                     O FILHO DA PROMESSA E O FILHO DA ESCRAVA

A palavra na carta aos Gálatas 4:22-26,   está escrito que Abraão teve dois filhos, um da escrava, e outro da livre. Todavia o que era da escrava nasceu segundo a carne, mas, o que era da livre, por promessa. O que se entende por alegorias, porque estes são os dois concertos, um do monte Sinai, gerando filhos para a servidão, que é Agar. Ora esta Agar é Sinai, um monte da Arábia, que corresponde a Jerusalém que agora existe, pois é escrava com seus filhos. Mas a Jerusalém que é de cima é livre, a qual é mãe de todos nós.  

                                                   O NASCIMENTO DE ESAÚ E JACÓ

Gênesis 25.21-26, relata que  Isaque orou instantemente ao Senhor por sua mulher, porquanto era estéril, e o Senhor ouviu as suas orações, e Rebeca sua mulher concebeu. E os filhos lutavam dentro dela; então disse: Se assim é, por que sou eu assim? E foi-se a perguntar ao Senhor. E o Senhor disse:  Duas nações há no teu ventre, e dois povos se dividirão das tuas entranhas, e um povo será mais forte do que o outro povo e o maior servirá ao menor.

E cumprindo-se os dias para dar a luz, eis gêmeos no seu ventre. E saiu o primeiro, ruivo e todo como um vestido cabeludo, por isso chamaram o seu nome Esaú. E depois saiu o seu irmão agarrada a sua mão ao calcanhar de Esaú, por isso se chamou o seu nome Jacó. E era Isaque da idade de sessenta anos quando os gerou.

                                                 ESAÚ VENDE SUA PRIMOGENITURA

           Gênesis 25.29-34, diz: Jacó cozera um guisado, e veio Esaú do campo, e estava ele cansado. E disse Esaú estou a ponto de morrer, e para que me servirá logo a minha primogenitura? Então disse Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó. E Jacó deu pão a Esaú: Deixa-me, peço-te comer desse guisado vermelho, porque estou cansado. Por isso se chamou o seu nome Edom (suplicante). Então disse Jacó: Vende-me hoje a tua primogenitura. E disse Esaú: Eis que a Esaú, e o guisado das lentilhas, e este comeu, e bebeu, e levantou-se, e foi-se. Assim desprezou Esaú a sua primogenitura.

                                                          ISAQUE ABENÇOA JACÓ

Gênesis 27.6-38, segundo as escrituras, Isaque na sua velhice, praticamente cego, disse a Esaú: Trazei-me caça, e fazei-me um guisado saboroso, para que eu coma e te abençoe diante da face do Senhor antes da minha morte.

            Porém tais palavras foram ouvidas por sua mãe Rebeca, a qual tendo relatado a seu filho Jacó, mandou-o que rapidamente apanhasse um cabrito, e tendo feito ela o guisado saboroso que seu pai havia pedido, vestiu Jacó com o traje de gala de Esaú, cobriu também sua mão e a lisura de seu pescoço, com a pele do cabrito, pois Esaú era peludo, e mandou Jacó levar o guisado a seu pai e foi por ele abençoado em lugar de Esaú, pois antes havia comprado a primogenitura de seu irmão.

Hebreus 12.16 e 17, diz: E ninguém seja fornicário, ou profano, como Esaú, que por um manjar vendeu o seu direito de primogenitura. Porém bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a benção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou.

                  JACÓ LUTA COM UM ANJO E SEU NOME É MUDADO PARA ISRAEL

             Gênesis 32.24-29, descreve que Jacó  ficou só, e lutou com ele um varão, até que a alva subia. E vendo que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele. E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém, ele disse: Não te deixarei ir, se me não abençoares. E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse Jacó. Então disse o anjo: Não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel, (daí surge o nome do povo de Israel),  pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali.  

Gênesis 35.9-10, diz: E apareceu Deus outra vez a Jacó, vindo de Padã-Arã. E abençoou-o. E disse- lhe Deus: O teu nome é Jacó, não se chamará mais o teu nome Jacó, mas Israel será o teu nome.

                       OS DESCENDENTES DE JACÓ, AS DOZE TRIBOS DE ISRAEL

Gênesis 35.22-26  a palavra fala que eram doze os filho de Jacó: O filhos de Leia: Ruben. primogênito de Jacó. Depois Seimeão e Levi, e Judá, e Issacar e Zebulom; Os filhos de Raquel: José e Benjamim; Os filhos de Bila, serva de Raquel: Dã e Naftalí; Os filhos de Zilpa. serva de Leia: Gade e Aser. Estes são os filhos de Jacó, que lhe nasceram em Padã-Arã. Os doze filhos de Jacó, formaram as doze tribos de Israel, chamados também de povo de Israel, os descendentes de Abraão, Isaque e Jacó, os filhos da promessa (Gálatas 4:23 e Romanos 9:8).  

                                          O POVO DE ISRAEL VAI PARA O EGITO

            Jacó habitava na terra das peregrinações de seu pai, na terra de Canaã (Gênesis 37:1) e houve uma fome gravíssima em toda terra (Gênesis 43:1), e somente no Egito havia comida, pois Faraó, rei do Egito, havia colocado José, o 11º filho de Jacó, como governador de seu país, o qual tendo sido vendido por seus irmãos (Gênesis 37:28) foi como escravo para o Egito, e estando ele na prisão, interpretou o sonho do rei, que Deus o revelou que haveria de acontecer sete anos de grande fartura na terra e depois sete anos de estiagem, e nada iria se produzir na face da terra (Gênesis 41).

Porém, quando os irmãos de José foram aquele país para buscar alimentos, foram por ele reconhecidos e toda a descendência de Jacó foi trazida por José para habitar no Egito (Gênesis 42 a 47), e foram sustentados por José (Gênesis 50:21), que morreu da idade de cento e dez anos.

                           O POVO DE ISRAEL PASSA A SER ESCRAVO NO EGITO

No livro de Êxodo 1.7-14, diz que os filhos de Israel frutificaram, e aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente, de maneira que a terra se encheu deles. Depois levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José, o qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito e mais poderoso do que nós. Eia, usemos sabiamente para com ele, para que não se multiplica e aconteça que vindo guerra, ele também se ajunte com os nossos inimigos, e peleje contra nós, e suba da terra.

E puseram sobre eles maiorais de tributos e para os afligirem com suas cargas. Porque edificaram a Faraó cidades de tesouros, Pitom e Ramassés. Mas quanto mais o afligiam, tanto mais se multiplicava, e tanto mais crescia, de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel. E os Egípcios faziam servir os filhos de Israel como escravos. Assim lhe fizeram amarga a vida com dura servidão, em barro e com tijolos, e com todo o trabalho no campo com todo o seu serviço em que os serviam com dureza.  

                          FARAÓ MANDA MATAR OS MACHOS RECÉM-NASCIDOS

Êxodo 1.16-22, conta a preocupação do  rei do Egito, vendo  o crescimento dos filhos de Israel, intentou em seu coração exterminá-los, e mandou que as parteiras das hebréias matassem todos os machos, mas as filhas poderiam deixá-las viver . As parteiras porém, temeram a Deus, e não fizeram como o rei do Egito havia dito, e quando chamadas à justificar disseram ao rei que as hebréias eram vivas (mais espertas do que as egípcias), pois davam a luz antes das parteiras chegarem, então ordenou Faraó a todo o seu povo: A todos os filhos que nascerem lançareis no rio, mas a todas as filhas guardareis com vida.  

                                                     O NASCIMENTO DE MOISÉS

Êxodo 2.1-9, expressa que  foi um varão da casa de Levi, e casou com uma filha de Levi, e a mulher concebeu, e teve um filho, e, vendo que ele era formoso, escondeu-o por três meses. E não podendo mais oculta-lo, tomou uma arca de juncos, e tendo betumado a arca, colocou o menino na borda do rio.

E descendo ao rio a filha de Faraó a banhar-se, viu a arca entre os juncos, e abriu a arca e viu o menino, que chorava. Conhecendo-o ser descendente dos hebreus, mandou sua irmã procurar uma mulher hebréia para criá-lo, e foi escolhida a própria mãe do menino para alimentá-lo. E, sendo o menino já grande, ela o trouxe a filha de Faraó, a qual o adotou, e chamou o seu nome Moisés, e disse: Porque das águas o tenho tirado.  

Em Atos 7.22-29, a palavra revela que  Moisés foi instruído em toda a sabedoria e ciência dos egípcios e era poderoso em suas palavras e obras, e tendo completado quarenta anos, veio a seu coração a vontade de visitar seus irmãos, os filhos de Israel, e viu um deles sendo maltratado por um egípcio, tendo matado-o enterrou o seu corpo na areia, fato levado ao conhecimento de Faraó, que tencionou matá-lo. A esta palavra fugiu Moisés, e esteve como estrangeiro na terra de Madiã, onde gerou dois filhos.

                            MOISÉS LIBERTA ISRAEL DA ESCRVADIDÃO DO EGITO

Êxodo 3.10-12, disse o Senhor a Moisés: Vem agora, pois, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo (os filhos de Israel) do Egito. E disse Moisés a Deus: Quem sou eu, que vá a Faraó e tire do Egito os Filhos de Israel? E disse Deus: Certamente eu serei contigo, e isto te será por sinal de que eu te enviei. Quando houveres tirado este povo do Egito, servireis a Deus neste monte.  

E ainda em Êxodo 5.1-19,  foram Moisés e Arão,  e disseram a Faraó: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Deixa ir o meu povo, para que me celebre uma festa no deserto. Mas Faraó disse: Quem é o Senhor? Cuja voz eu ouvirei, para deixar ir Israel? Não conheço o Senhor, nem tão pouco deixarei ir Israel.  Portanto deu ordem Faraó naquele mesmo dia, aos seus exatores e oficiais que afligissem cada vez mais o povo de Israel.

                                       DEUS ORDENA  PRAGAS AOS EGIPCIOS

Devido a dureza de coração de Faraó para não libertar o Povo de Israel, os quais viviam como escravos no Egito, o Senhor Deus então começou a enviar  pragas   aos Egípcios desde  então,   as águas transformaram-se em sangue, e uma seqüência de outras pragas,  até a morte dos primogênitos, inclusive o primogênito de Faraó, estão incluídas no livro de Êxodo do capítulo 7-11.  

                                              A MORTE DOS PRIMOGÊNITOS

Em Êxodo 12.30-38, a história bíblica narra que  Faraó levantou-se de noite, ele e todos os seus servos, e todos os egípcios; e havia grande clamor no Egito, porque não havia casa em que não houvesse um morto. Então chamou Moisés e Arão de noite, e disse: Levantai-vos, saí do meio do meu povo, tanto vós como os filhos de Israel, e ide, servi ao Senhor, como tendes dito. Levai também convosco vossas ovelhas e vossas vacas, como tendes dito e ide, e abençoai-me também a mim.

E assim partiram os filhos de Israel de Remessés para Sucote, coisa de seiscentos mil de pé, somente de varões, sem contar os meninos. E subiu também com eles uma mistura de gente, e ovelhas, e vacas, uma grande multidão de gado. "

                                        ISRAEL PASSA QUARENTA ANOS NO DESERTO

Hebreus 3:5-11, disse o Senhor: Na verdade, Moisés foi fiel em toda a sua casa, como servo, para testemunho das coisas que se haviam de anunciar. Onde vossos pais me tentaram, me provaram e viram por quarenta anos as minhas obras. Por isso me indignei contra esta geração e disse: Estes sempre erram em seu coração, e não conheceram os meus caminhos. Assim Jurei na minha ira que não entrarão no meu repouso.  

                                             QUEM HERDOU A TERRA PROMETIDA?

Dos seiscentos mil homens que saíram da escravidão do Egito, apenas dois entraram na terra prometida, Josué e Calebe (Números 14:30), servos do Deus Altíssimo, homens obedientes, tementes a Deus, que andavam segundo a sua vontade, herdaram as promessas do Senhor, os demais tiveram seus corpos consumidos no deserto, pela desobediência, e irreverência. Não creram no Senhor, e pereceram na trajetória (Números 14:29, 32). Nem mesmo Moisés e Arão entraram na terra prometida pelo Senhor ao povo de Israel, por não terem procedido conforme as palavras do Senhor:

Números 20:12, disse o Senhor a Moisés e Arão seu irmão:  Porquanto não me crestes a mim, para me santificar diante dos filhos de Israel, por isso não metereis esta congregação na terra que lhes tenho dado.  

Isso porque o Senhor havia dito a Moisés e Arão:  Falai a rocha, para me santificar diante da congregação, porem, ambos reuniram a congregação e ao invés de fazer conforme o Senhor havia lhes ordenado, Moisés feriu a rocha por duas vezes diante do povo, contrariando a vontade do Senhor. (Números 20.7-11).

Deuteronômio 34.1-7,  a palavra descreve que subiu Moisés das campinas de Moabe ao monte Nebo, ao cume de Pisga, que está defronte de Jericó, o Senhor mostrou-lhe toda a terra desde Gileade até Dã. E disse-lhe o Senhor: Esta é a terra de que jurei a Abraão, Isaque e Jacó dizendo: A tua semente a darei, mostro-te para a veres com os teus olhos, porém para lá não passarás.

Assim morreu ali Moisés, servo do Senhor, na terra de Moabe, conforme ao dito do Senhor. Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu o seu vigor.  

                           DEUS FALA A JOSUÉ E O CONSTITUI CONDUTOR DO POVO

Livro de Josué 1:1-9, está escrito: E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do Senhor, que o Senhor falou a Josué dizendo: Moisés, meu servo é morto, levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, a terra que eu dou aos filhos de Israel.

           Todo lugar que pisar a planta do vosso pé vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e desde este Líbano, até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Nenhum se susterá diante de ti, todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo, não te deixarei nem te desampararei.

Não se aparte da tua boca o livro desta Lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito, porque então farás prosperar o teu caminho, e então prudentemente te conduzirás.

Não te mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo, não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares.  E no Livro de Josué, capítulos 13 à 19: Josué conquista Canaã e divide entre as tribos.

                                   JOSUÉ EXORTA O POVO A SERVIR AO SENHOR

Josué 24.14-15, a Palavra  pronuncia:  Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com sinceridade e com verdade, e deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do rio e no Egito, e servi ao Senhor. Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais: E os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor. Assim se consumou a promessa do Senhor.

No Livro do profeta Isaías 55:11, disse o Senhor:  Assim será a palavra que sair da minha boca, ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. 

Louvai ao Senhor!

Adicionar comentário

Comentários  

 
0 #5 andre vieira 18-08-2013 19:05
Que Deus maravilhoso zeloso pelo seu povo escolhido. Adorei a explicação.
 
 
0 #4 zelinda Souza 16-06-2013 20:37
Quero receber textos biblico pois adoro ler e aprender mais da palavra do senhor.Amém
 
 
0 #3 Pr.HUMBERTO GONÇALVE 16-06-2013 18:21
ESTA MENSAGEM É BOA , QUE DEUS TE ABENÇOE.
 
 
0 #2 Noêmia 14-06-2013 09:45
Li esta palavra nesta madrugada, que maravilhoso o cuidado de Deus para com o povo escolhido.
Que trabalho bem feito. Nós não somos ousados a fazer projetos onde não vemos possibilidades. Deus apostou no homem mostrando-se zeloso e poderoso, e o povo não deu valor.
 
 
0 #1 sidney 20-04-2013 21:25
muito bom............ .